HomeCaixa d'Água

Limpeza de Caixa d’Água: Anvisa

Limpeza de Caixa d’Água: Anvisa
Like Tweet Pin it Share Share Email

A água potável é um assunto seríssimo e que deve ter a devida atenção de todos. As caixas são os principais reservatórios para armazenamento de água em ambientes comerciais e residenciais, de pequeno e grande porte.

Por isso, ela está presente no dia a dia da grande maioria das pessoas e é um assunto de saúde pública, já que uma caixa de grande porte provavelmente será usada por milhares de pessoas.

Sendo assim, a limpeza de caixa d’água é fundamental para garantir a qualidade de vida de várias pessoas. Não é à toa que a ANVISA, Agência Nacional de Vigilância Sanitária, possui normas específicas para a limpeza desses reservatórios.

Uma das muitas normas impostas pela ANVISA está a Portaria nº 2.914, de 12 de dezembro de 2011.

Ela dispõe sobre os procedimentos de controle e de vigilância da qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade.

Ou seja, essa norma traz uma série de procedimentos que devem ser utilizados no controle da qualidade da água e na vigilância dessa qualidade. Um dos procedimentos necessários para tornar a água potável e própria para consumo é através da limpeza de caixa d’água.

A norma traz pontos muito interessantes e que devem ser considerados principalmente por quem tem que administrar caixas d’água de grande porte e que servem uma grande quantidade de pessoas.

Por que é necessária a limpeza de caixa d’água?

A Limpeza de Caixa d’água tem a sua necessidade além do que a Anvisa manda. Apesar de haverem sanções para aqueles que não correspondem com o que norma pede, a importância de limpar a caixa d’água é muito maior que isso.

O caminho feito pela água que é coletada e transportada até a sua torneira é grande. Ela é coletada em uma represa, passar por todos os procedimentos necessários para o tratamento e fluorificação e transporte.

A empresa garante que a água chega limpa até a sua torneira. Ela é própria para consumo e é potável. Porém, é recomendável sempre utilizar filtros para garantir ainda mais limpeza.

Todo esse procedimento pode ser prejudicado por uma caixa d’água suja.

Na caixa d’água, por causa da umidade, a sujeira pode facilmente dar início à proliferação de microrganismos que afetam diretamente a saúde humana.

Desde uma simples dor de barriga, enjoo e vômito até a cólera, amebíase e doenças mais graves.

Esses problemas podem ser evitados com a limpeza de caixa d’água.

Limpeza de caixa d’água: O que diz a Anvisa?

A Portaria nº 2.914 da ANVISA, tem uma série de regras para as diferentes áreas ligadas ao abastecimento de água.

O art.13 da portaria é voltado para os responsáveis pela administração de sistemas de armazenamento e abastecimento de água.

  • I – Exercer o controle da qualidade da água;
  • II – Garantir a operação e a manutenção das instalações destinadas ao abastecimento de água potável em conformidade com as normas técnicas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e das demais normas pertinentes;
  • III – Manter e controlar a qualidade da água produzida e distribuída, nos termos desta Portaria, por meio de:
    • controle operacional do(s) ponto(s) de captação, adução, tratamento, reservação e distribuição, quando aplicável;
    • exigência, junto aos fornecedores, do laudo de atendimento dos requisitos de saúde estabelecidos em norma técnica da ABNT para o controle de qualidade dos produtos químicos utilizados no tratamento de água;
    • exigência, junto aos fornecedores, do laudo de inocuidade dos materiais utilizados na produção e distribuição que tenham contato com a água;
    • capacitação e atualização técnica de todos os profissionais que atuam de forma direta no fornecimento e controle da qualidade da água para consumo humano

Ou seja, quem administra prédios e imóveis com caixas d’água precisa garantir a limpeza correta do reservatório.

Porém, a limpeza não é o único ponto fundamental. É necessário também realizar um teste para comprovar a potabilidade da água, garantindo que ela está própria para consumo.

Quando fazer a limpeza de caixa d’água?

A recomendação da ANVISA é de que a limpeza de caixa d’água deve sempre ser feita a cada 6 meses. Principalmente em hospitais, condomínios, escolas e etc.

Esse é o período perfeito para que a limpeza e a desinfecção sejam feitas. Garantindo assim a qualidade completa e segurança da água.

Quem contrata empresas para realizar esse serviço precisam prestar atenção! A empresa contratada deve fornecer um laudo de qualidade da água.

Esse laudo garante que os procedimentos necessários estão sendo feitos e que a água é, de fato, segura para as pessoas que a consomem.

Sempre exija o teste e também o laudo da empresa escolhida. Esse laudo é para a segurança dos usuários do abastecimento local e também para proteger você! Vale lembrar que em casos de doenças causadas por problemas com a qualidade da água podem ser responsabilizadas na administração predial responsável ela caixa.

O laudo ajuda você a provar que a qualidade está de acordo com a ANVISA em qualquer caso de fiscalização.

Comentários (0)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *